Molho de tomate curinga

Um bom molho de tomate feito em casa faz milagres. É super versátil e serve como base para a pizza de frigideira, para uma pasta de última hora ou para a cobertura de uma polenta com calabresa. Sempre faço essa receita dobrada ou triplicada e congelo em pequenas porções. Assim, nunca fico na mão!

Você pode utilizar o tomate fresco, mas ele precisa estar bem vermelhinho e ao mesmo tempo firme. Invista um pouco, compre tomate italiano de boa qualidade, que vale a pena. Mas se não encontrar, compre o tomate pelado que o bom resultado vai estar garantido.

 

 

Ingredientes

  • 400 gramas de tomate pelado ou in natura picadinhos

  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem

  • 1 cebola pequena bem picadinha

  • 2 dentes de alho também bem picadinhos

  • Sal

  • Pimenta

  • 1 pitada de açúcar

  • Manjericão ou orégano a gosto (tudo sempre fresco)

 

 

Como preparar

Sempre descarte aquelas pontinhas brancas, pedúnculos, elas trazem um sabor amargo para o molho.

Se for utilizar o tomate fresco, tire as peles colocando-o em água fervente até que elas “estourem”. É bem rápido, coisa de 10 segundos. Assim, ficará bem fácil tirá-las, é só puxar com a mão.

 

 

Mantenha as sementes: elas são muito importantes, pois deixam o molho mais encorpado.

 

 

Bata os tomates sem pele no liquidificador ou mixer. Em uma panela, fogo médio, coloque o azeite, a cebola, deixe dourar um pouco. Acrescente o alho, a erva e deixe dourar por 10 minutos. Acrescente os tomates batidos, a pitada de açúcar, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar em fogo baixo por 30 minutos.

 

Pronto! Você vai ter um molho curinga, delicioso e super saudável!

 

Receba novidades e ofertas exclusivas no seu e-mail

Open chat